sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Operação "Macapá" prende quatro mulheres em Macaparana

Quatro mulheres são presas por tráfico de drogas em Macaparana, PE

Quatro mulheres foram presas na manhã desta sexta-feira (17) em Macaparana, Mata Norte de Pernambuco, durante uma operação da Polícia Civil para desarticular um grupo de tráfico de drogas que atuava na região. Intitulada "Macapá", a operação cumpriu com todos os 11 mandados de prisão preventiva – sete homens já estavam presos em Igarassu, Região Metropolitana do Recife, e Limoeiro, no Agreste. O grupo responde por tráfico de drogas, associação para o tráfico, extorsão mediante sequestro, roubo, comércio ilegal de armas de fogo e associação criminosa.

De acordo com o delegado Salustiano Albuquerque, da Diretoria Integrada do Interior 1 da Polícia Civil, os sete homens foram presos anteriormente, já durante a investigação. “Eles, junto com as mulheres, formavam um grupo, uma organização criminosa que atuava em Macaparana e em outros municípios, como Machados, São Vicente Férrer [no Agreste] e nas cidades da divisa da Paraíba”, afirma o delegado.

A operação também contou com seis mandados de busca e apreensão domiciliar, mas o delegado não informou quantos foram cumpridos e se houve apreensões. As mulheres presas foram levadas para a delegacia de Macaparana, onde prestam depoimento. O balanço parcial da operação será divulgado ainda na manhã desta sexta; o resultado final será divulgado à tarde, na sede da Polícia Civil, no Centro do Recife.

Um grupo de 40 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participaram da operação. A coordenação foi feita pela chefia da Polícia Civil e pela Diretoria Integrada do Interior 1. As investigações ficaram sob responsabilidade da Delegacia de Polícia da 52ª Circunscrição de Macaparana, com comando do delegado Herbert Martins.

Do G1/PE
Continue lendo ►

Polícia Civil cumpre 11 mandados de prisão em Macaparana e Machados

Operação tenta prender 11 acusados de tráfico, extorsão mediante sequestro, roubo e comércio ilegal de armas

A Polícia Civil de Pernambuco realiza nesta sexta-feira, uma operação para prender acusados dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, extorsão mediante sequestro, roubo, comércio ilegal de armas de fogo e associação criminosa. As diligências estão sendo feitas nas cidades de Macaparana e Machados com objetivo de cumprir 11 mandados de prisão e seis de busca e apreensão domiciliar.

Quarenta policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da ação, coordenada pela Chefia da Polícia Civil e Diretoria Integrada do Interior 1. As investigações foram efetuadas pela Delegacia de Polícia da 52ª Circunscrição de Macaparana, sob o comando do Delegado Herbert Martins.

Continue lendo ►

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Mesmo sem fazer campanha Pedão foi votado para deputado estadual

O ex candidato a vice-prefeito de Macaparana, Pedro Morais (PTB), conhecido popularmente como Pedão, mesmo sem fazer campanha, foi votado para o cargo de deputado estadual nas eleições do último domingo. 

Em maio passado, com o anúncio de desistência do deputado estadual Maviael Cavalcanti (DEM) em disputar a reeleição, Pedão foi cotado como sucessor do democrata. Porém, Maviael voltou atrás e decidiu disputar mais uma vez o cargo para a Alepe. Pedão que é aliado de Armando Monteiro (PTB), por sua vez, registrou sua candidatura com o nome de Pedro Cavalcanti n.º 14.181, mas desistiu da disputa posteriormente e decidiu, novamente, apoiar Maviael Cavalcanti. 

O nome de Pedro Cavalcanti registrou 4 (quatro) votos para o cargo de deputado estadual.
Continue lendo ►

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Macaparanenses não renovam seus mandatos e Mata Norte fica sem representante

Os macaparanenses e deputados estaduais Antônio Moraes (PSDB) e Maviael Cavalcanti (DEM), apesar de terem recebido votação expressiva nas eleições que ocorreram no último domingo (05/10), não conseguiram renovar seus mandatos para a Assembléia Legislativa de Pernambuco, deixando a Mata Norte do Estado sem representação.

Cogitava-se que para garantir uma vaga na Alepe, o candidato que estivesse na coligação da Frente Popular que apoiou Paulo Câmara, deveria ter uma média de 40 mil votos. A análise foi quase 100% certeira, equivocando-se em uma media de mil votos para mais, visto que Antônio Moraes obteve 40.729 votos e ficou com a primeira suplência, perdendo a ultima vaga da coligação para Ricardo Costa (PMDB) que angariou 41.140 votos. Maviael Cavalcanti foi votado por 38.785 eleitores, ficando com a terceira suplência da coligação, tendo sido ultrapassado por Macantônio Dourado (PSB) que teve 40.472 votos.

Alguns analistas afirmavam que a Frente Popular deveria fazer entre 28 e 29 estaduais, mas a coligação elegeu apenas 26 parlamentares.

Porém, nem tudo está perdido. De acordo com a praxe politica, o mandato do deputado Antônio Moraes, que ficou com a primeira suplência está garantido. Isto porque o governo deverá convocar alguns eleitos para compor pastas (secretarias) no poder executivo, fato que levará o suplente a tomar posse, inclusive, no início de 2015. 

Considerando-se a relação/quantidade de deputados eleitos e convocados para secretarias nos últimos governos, o deputado Maviael Cavalcanti, mesmo na terceira suplência, também deverá assegurar mais um mandato na Casa Joaquim Nabuco. Sem contar que, em 2016, alguns parlamentares disputarão prefeituras, desse modo, quem se eleger não voltará mais à Assembléia Legislativa e confirmará a definitividade do suplente no cargo.

É esperar e ver o que acontece. Queremos aqui aproveitar o momento para parabenizar aos nossos conterrâneos que, mesmo sem assegurar o cargo de imediato, obtiveram expressiva votação no último domingo. Boa sorte a todos. 
Continue lendo ►

sábado, 4 de outubro de 2014

Passeata do deputado Antônio Moraes fecha Macaparana

O deputado estadual e candidato à reeleição, Antônio Moraes (PSDB), encerrou a campanha política rumo ao seu quinto mandato na Alepe com uma verdadeira festa nas ruas de Macaparana. O evento aconteceu na noite dessa quita-feria (02/10).

O prefeito da cidade, Paulo Barbosa, comerciantes e amigos do deputado organizaram uma passeata que reuniu uma milhares de pessoas. Com concentração na Casa de Saúde, a passeata percorreu as principais ruas da cidade finalizando o trajeto em frente à residência da saudosa Anita Moraes, onde aconteceu um grande comício. Evento político que fechou a cidade. Acredita-se que um os maiores já vistos no município. Em seu discurso o deputado pediu ao povo mais um voto de confiança para que ele continuasse seu trabalho em prol dos macaparanenses e dos pernambucanos e afirmou que quem quisesse vir para o seu lado podia vir que seria bem recebido.
O prefeito Paquinha também fez um grande discurso e ressaltou a importância de reeleger Antônio Moraes deputado estadual, Bruno Araújo federal e Paulo Câmara governador, para que juntos possam cada vez mais trazer melhorias para Macaparana. Paquinha disse ainda que Antônio Moraes deverá sair majoritário das urnas do município no próximo domingo (05/10) e convocou a todos para fazer a comemoração após o encerramento e resultado das eleições.

 
Continue lendo ►

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Comício de Antônio Moraes em Chã Grande bate recorde de público

O comício de encerramento de campanha do deputado Antônio Moraes que aconteceu no último domingo (28/09) na cidade de Chã Grande, no agreste pernambucano bateu recorde de público. O ex-prefeito da cidade, Diogo Alexandre, que também apóia Sebastião Oliveira para federal, realizou um evento que contou com mais de quatro mil pessoas.

O deputado Antônio Moraes ficou muito feliz com a receptividade do povo chã-grandense e como de costume, levantou a mão junto com a multidão pedindo o voto a todos os presentes.

Continue lendo ►

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Sem Maviael grupo político realiza mais um comício

O grupo político que apóia o deputado estadual e candidato á reeleição Maviael Cavalcanti, liderado pelo seu filho, o ex-prefeito de Macaparana, Maviael Filho, realizou mais um comício em prol da reeleição do democrata. No último sábado (20/09), o evento aconteceu em Pirauá, distrito de Macaparana. 

Esse foi o segundo comício realizado sem a presença do candidato Maviael Cavalcanti, que participava de eventos em outros municípios. O primeiro foi na Rua Nova, em Macaparana, no sábado (13/09).
Continue lendo ►

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Grupo Político realiza comício para Maviael na Rua Nova

Sem a presença do candidato

O grupo político formado pelo ex-prefeito Maviael Filho, vereadores, ex-vereadores, amigos e correligionários do deputado estadual Maviael Cavalcanti (DEM) realizou um comício na noite do último sábado (13/09), na Rua Nova, em Macaparana. O povo compareceu, mas o candidato não marcou presença, segundo informações, porque se encontrava em evento político noutro município.

Foi o terceiro comício de campanha do candidato na cidade. Os presentes apresentaram seus discursos acalorados, no intuito de renovar o mandato do parlamentar.


Continue lendo ►
Copyright © Macaparana em foco - 2014. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido na Plataforma Blogger. E-mail: macaparanaemfoco@hotmail.com
imagem-logo